Inovação, design, sustentabilidade e expressão de marca | Inovação em materiais e convivência entre o high-tech e handmade
Moda, Design, Estamparia, Estúdio, Fashion, Cradle to Cradle, Brasil, Brazil, Arquitetura, Cultura
3178
single,single-post,postid-3178,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,boxed, vertical_menu_transparency vertical_menu_transparency_on,,qode-theme-ver-5.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.3,vc_responsive

Inovação em materiais e convivência entre o high-tech e handmade

aguapele-c3-1280x854-450x300

27 dez Inovação em materiais e convivência entre o high-tech e handmade

Sob a palavra africana “Ubuntu” cuja essência significa “Eu sou porquê nós somos” expressando integração e colaboratividade entre as cadeias produtivas de moda e design, nos dias 27 e 28 de junho de 2016 aconteceu a 14ª edição do evento InspiraMais – Salão de Inovação e Design de Materiais em São Paulo. O evento reúne uma centena de expositores de componentes para a indústria, promovendo a troca de conhecimento e o lançamento de mais de 600 materiais desenvolvidos pelas empresas participantes do Fórum de Inspirações (projeto organizado pelo Núcleo de Design da Assintecal, comandado pelo estilista Walter Rodrigues, que elabora uma grande pesquisa de tendências para as próximas estações).

Selecionamos abaixo alguns materiais da mostra, que além da beleza, se destacam por estarem alinhados a ótica de sustentabilidade e são energizantes, ao passo que se adequam ao tempo que se instalam, produto do amadurecimento de uma nova geração de consumidores e criadores mais responsáveis com o entorno. 

Tecituras – Uma empresa que chama a atenção do mercado de decoração e moveleiro é a Tramare / Innovativ com uma linha ecológica, fabricada com fios de algodão reciclados de fibras provenientes de retalhos de malhas e tecidos planos das confecções. Esses retalhos são separados por cor, desfibrados e transformados em novos fios têxteis que são utilizados nos tecidos. O reuso de materiais têxteis contribui para a retirada de lixo do meio ambiente, ajudando também no velho problema das enchentes, causadas entre outros motivos pelo descarte das confecções que acabam por entupir os bueiros em dias de chuva forte.

O material da foto  abaixo foi construído sob a palavra chave cadência e é uma interpretação do ritmo e costumes das matrizes africanas na cultura brasileira.

112101-cade%cc%82ncia-640-1-450x387

Tecido exposto no Fórum de Inspirações – Inverno 2017. Foto Divulgação

 

A origem sustentável dos fios não  interfere em momento algum no design criativo,  sendo possível a construção de desenhos exclusivos, como nesse jacquard apresentado abaixo, que aposta em uma textura celular, alinhando sustentabilidade à tecnologia.

tecido-441x450

Tecido exposto no Fórum de Inspirações – Inverno 2017. Foto Divulgação.

Em uma simbiose entre o industrial e o artesanal, a riqueza material e a inspiração africana também foram interpretadas com fios de algodão pelos teares da empresa mineira Tati & Arte.

 

screen-shot-2016-12-27-at-15-53-27

Tecidos expostos no Fórum de Inspirações – Inverno 2017. Foto Divulgação

Couro de Tílápia

A arte de trabalhar com pequenos pedaços, gerando um novo material pode ser observada nessa peça de couro de tilápia e rã, curtidas com tanino vegetal feita pela empresa Aguapele, de Pindorama, São Paulo, que além do produto base também oferece ao mercado construções inusitadas com suas matérias-primas.

aguapele-1280x854-450x300

Com alto valor agregado, exercitando a experimentação e a autoralidade, destaque para essa peça de toque provocante de tilápia desconstruída, também realizada com o mesmo processo de curtimento de forma não nociva, sobre tela brincando com a possibilidade de se transformar a pele em uma nova superfície.

aguapele-c3-1280x854-450x300

Pele exposta no Fórum de Inspirações – Inverno 2017. Foto: Divulgação.